NOTÍCIAS

Psicologia Nova

1,3 KLeituras
Todo tipo de sujeito pode fazer psicanálise??
Quinta-Feira, 23 de Junho de 2016

Ola turma de estudiosos!


Postei a seguinte questão , formulada por nós, em nossos grupos do Whatsapp:


Questão Psicologia Nova 2016


Julgue a assertiva a seguir, como certa ou errada, de acordo com a teoria psicanalítica:


Quanto à capacidade de se submeter ao processo analítico, têm-se três tendências distintas de acordo com a estrutura psíquica do sujeito: o neurótico tende a ser mais analisável, haja visto que é marcado pelo desejo, pela falta e consegue estabelecer transferência. Já o psicótico, geralmente, não consegue estabelecer transferência , pois todos os seus investimentos são autodirigidos a seu corpo, dificilmente colocando o analista no lugar de “sujeito suposto saber”. Freud inicialmente criou a psicanálise para os neuróticos, cabendo depois a Klein e Lacan ( principalmente) adaptá-la aos psicóticos. Por fim, o perverso dificilmente procura a análise, pois entende que não há nada a ser analisado e tende a dissimular e manipular as sessões, afinal ele denega a angústia.


Cerca de metade dos alunos errou a resposta! Não irei dizer o gabarito diretamente, mas usarei um pouco de bom humor para contar-lhes uma piada que ajuda (indiretamente) a entender essa questão. Gostaria que tentassem responder e comentar o porquê desta questão estar certa ou errada!


“ Certa vez um grupo de psicanalistas queriam entender a diferença entre um neurótico, um psicótico e um perverso. Perguntaram para o neurótico quanto era dois mais dois. O neurótico respondeu : “ quatro”. Entretanto ele disse ter ficado cheio de dúvidas, angustiado, indeciso e incerto quanto a resposta...Ficou bastante pensativo e perguntou ao psicanalista o que ele achava, pois estava se sentindo mal, culpado e angustiado por ter falado algo errado...


Perguntarão então ao psicótico. O mesmo respondeu com muita convicção: “ É claro e evidente que o resultado é vinte e dois! Tenho uma certeza inabalável que é vinte e dois e nem venha discutir comigo pois eu sei de tudo! Eu não tenho dúvidas ou receios em dizer que é cinco! Inclusive sou um grande Matemático de Harvard e não quero gastar meu tempo aqui com essas suas perguntas idiotas! Não tem nada neste mundo que eu não saiba. Não quero mais conversar com você!!”


Por fim, perguntaram ao perverso e este disse: “ Olha, esta sua pergunta está muito simples! Eu responderia quatro, mas posso lhe explicar, através da álgebra linear, que não existe resposta! Tenho certeza disso. Aliás, certa vez, agredi minha professora que não concordou com essa minha resposta e sei que você está fazendo esta pergunta para seus estudos de psicanalise lacaniana estruturalista! Quanta bobagem, doutora, pois não preciso de psicanalise! Estou acima da lei!


Como esta anedota auxilia a explicar a nossa questão de concurso sobre as estruturas psíquicas versus análise???


Um Abraço

Rafel Maciel

CONTATO

Deixe a sua mensagem que entraremos em contato

Nós gostamos de uma ligação direta e franca com nossos alunos. Fique à vontade para nos contatar e perguntar o que desejar.

Treble
Não exibir este vídeo novamente
ATENÇÃO
Indicações enviadas com sucesso!
Aguarde...
ATENÇÃO
Indicações enviadas com sucesso!
IDENTIFIQUE-SE
Quero me cadastrar!
Esqueceu a sua senha?
OPÇÕES DO USUÁRIO
SOLICITAR NOVA SENHA