NOTÍCIAS

Psicologia Nova

465Leituras
Participe dos nossos grupos de Whatsapp :)
Segunda-Feira, 17 de Setembro de 2018

Psicólogos CONCURSEIROS, eis a lista de links dos grupos de Whatsapp do Psicologia Nova!? Adição nos grupos gerais e newsletter do Psicologia Nova: http://bit.ly/concursospsi
Psicologia Nova – Geral 1http://bit.ly/Pnova01
Psicologia Nova – Geral 4 http://bit.ly/Pnova04
Psicologia Nova – Geral 11http://bit.ly/Pnova11
GRUPOS ESTADUAISPsicologia Nova Amazonas - http://bit.ly/PNamazonas
Psicologia Nova Bahia - http://bit.ly/PNBahia
Psicologia Nova Ceará – http://bit.ly/PNCeará
Psicologia Nova Distrito Federal - http://bit.ly/PNDistritoFederal
Psicologia Nova Goiás - http://bit.ly/PNGoiás
Psicologia Nova Espírito Santo – http://bit.ly/PNEspíritoSanto
Psicologia Nova Maranhão - http://bit.ly/PNMaranhão
Psicologia Nova Mato Grosso - http://bit.ly/PNMatoGrosso
Psicologia Nova Mato Grosso do Sul - http://bit.ly/PNMatoGrossodoSul
Psicologia Nova Minas Gerais - http://bit.ly/PNMinasGerais
Psicologia Nova Paraíba - http://bit.ly/PNParaíba
Psicologia Nova Paraná - http://bit.ly/PNParaná
Psicologia Nova Pernambuco - http://bit.ly/PNPernambuco
Psicologia Nova Piauí - http://bit.ly/PNPiaui
Psicologia Nova Rio de Janeiro - http://bit.ly/PNRiodeJaneiro
Psicologia Nova Rio Grande do Norte - http://bit.ly/RioGrandedoNorte
Psicologia Nova Rio Grande do Sul – http://bit.ly/PNRioGrandedoSul
Psicologia Nova São Paulo - http://bit.ly/PNSãoPaulo
Psicologia Nova Santa Catarina - http://bit.ly/PNSantaCatarina
Psicologia Nova Tocantins - http://bit.ly/PNTocantins

Grupos Específicos ABERTOS
Psicologia Nova DISCURSIVAS e Estudos de Caso - http://bit.ly/PNDiscursivas
Psicologia Nova CLDF - http://bit.ly/PnovaCLDF
Prefeitura do Natal - http://bit.ly/PNNatal
Ah, não esqueçam de nos seguir no instagram (@psicologianova) e de curtir nosso Facebook: http://facebook.com/psicologianova.

213Leituras
Concurso PM-MG remuneração básica inicial para o cargo de 2º Tenente da PMMG é de R$ 8.874,60
Segunda-Feira, 17 de Setembro de 2018

Requisitos
São requisitos legais para ingressoao Quadro de Oficiais de Saúde, previstos na Lei nº 5.301, de 16/10/1969:
a) ser brasileiro(a) nato (a);
b) possuir idoneidade moral;
c) estar quite com as obrigações eleitorais e militares;
d) ter no máximo 35 (trinta e cinco) anos de idade completáveis até a data de inclusão;
e) ter concluído curso de graduação em nível superior, obtido em estabelecimento reconhecido pelo sistema de ensino federal, estadual ou do Distrito Federal, em área compatível com a função a ser exercida;
f) ter aptidão física;
g) ter sanidade física e mental;
h) ser aprovado em avaliação psicológica;
i) não apresentar, quando em uso dos diversos uniformes, tatuagem visível que seja, por seu significado, incompatível com o exercício das atividades de policial militar;
j) não ter sido demitido da PMMG, de outra instituição militar estadual ou das Forças Armadas; não ter dado baixa no conceito "C", nos termos do Código de Ética e Disciplina dos Militares do Estado de Minas Gerais; não ter sido exonerado ou demitido da PMMG ou do Corpo de Bombeiros Militares de Minas Gerais com base no art. 146, incisos II, III, IV ou V, letra "a" e "caput" do art. 147, da Lei nº 5.301, de 16/10/1969;
k) possuir registro atualizado no Conselho Regional atinente à categoria profissional para qual concorre.
Remuneração e Jornada de Trabalho
>>> A remuneração básica inicial para o cargo de 2º Tenente da PMMG é de R$ 8.874,60(oito mil, oitocentos e setenta e quatro reais e sessenta centavos).
- O regime jurídico que vincula os nomeados para o cargo previsto no subitem 1.3 serão estatutários, observadas as leis próprias conforme autorização inserta nos artigos 42, 125 e 142 da Constituição da República Federativa do Brasil, bem como no artigo 39 da Constituição do Estado de Minas Gerais.

VAGAS
Psicólogo Clínico – 1 vaga – 10ª RPM – PATOS DE MINAS
Psicólogo Clínico – 1 Vaga – 11ª RPM – MONTES CLAROS
Psicólogo Clínico – 1 Vaga – 16ª RPM - UNAÍ

>>> A concorrência é por localidade, então são, praticamente, 3 concursos diferentes. PONTO IMPORTANTE:o presente concurso terá validade de 30 (trinta) dias, podendo ser prorrogado uma única vez e por igual período, contados da data do resultado final/homologação do concurso.

Inscrições
As inscrições serão feitas via internet, através do site www.policiamilitar.mg.gov.br/crs
Período de Inscrição:de 6 de novembro até 5 de dezembro de 2018
O valor da taxa de inscrição é de R$266,24(duzentos e sessenta e seis reais e vinte e quatro centavos) não será devolvido ao candidato, salvo se ocorrerem as hipóteses de: pagamento em duplicidade; pagamento extemporâneo; cancelamento; suspensão ou adiamento do concurso público.
Link do curso :https://psicologianova.com.br/pmmg

695Leituras
Radar 2018 Psicologia Nova
Quinta-Feira, 26 de Julho de 2018



Radar 2018 Psicologia Nova
Confira os principais concursos lançados e previstos :)

Link : http://bit.ly/RADARconcursosPSI

1,8 KLeituras
CLDF Psicologia
Domingo, 3 de Junho de 2018

Meus queridos, está aberto o concurso da Câmara Legislativa do Distrito Federal! O CONCURSO DOS CONCURSOS. Mais uma ótima oportunidade de entrar no serviço público! Na verdade, é uma GRANDE oportunidade mesmo! A banca será a Fundação Carlos Chagas e o edital pode ser acessado através do link: http://www.concursosfcc.com.br/concursos/caldf118/index.html
A banca é uma velha conhecida nossa e já temos resolvido, ao longo dos 5 anos de existência do Psicologia Nova, TODAS as provas da FCC. Isso inclui a prova recente da ALESE e do TRT-11. Ou seja, desbancaremos novamente a banca!
Temos duas vagas. Para Psicólogo Organizacionaltemos uma vaga e para Psicólogo Clínico/Perito, temos mais uma vaga. Lembrando que provavelmente o psicólogo clínico irá trabalhar na FASCAL (Plano de Saúde dos servidores da CLDF).
É possível que chamem mais pessoas? Temos a convicção que sim!
As inscrições começam a partir do dia 25/06/2018 e vão até o dia 25/07/2018. Elas custam R$ 78,00.
Vale a pena prestar esse concurso? Sim! A remuneração é espetacular.
Inicial: R$ 15.879,40
Final: R$ 29.269,20
+
Auxílio Alimentação: R$ 1.269,84
Auxílio Pré-escolar: R$ 807,75
Auxílio natalidade: R$ 937,00
+ Anuênio de 1% (art. 44, LODF)
Fora isso, qualidade de vida que só Brasília proporciona. São 30 horas semanais e ainda tem o famigerado recesso parlamentar. É só alegria!
Lançamos no ano passado o nosso curso PRIME para a CLDF, contendo todas as matérias que você precisa estudar para este concurso. Ele pode ser acessado a partir do link: https://psicologianova.com.br/cldf-psicologia-prime. Mais de 95% dos conteúdos já estão atualizados e disponíveis para você.
Prometemos, por exemplo, 160 horas de aula... Já passamos das 200! É o curso mais completo e com maior carga horária do Brasil. Além disso, temos como vantagens:
• 3 simulados INÉDITOS contendo todas as matérias
• O Professor Leo Van Holthe (ex consultor da CLDF e Consultor da Câmara dos Deputados)
• O Professor Alyson Barros (Analista do Planejamento e Orçamento e professor dos aprovados dos concursos STJ, ABIN, EBSERH, PC-MA, DPE-RS, ITEP/RN e DPE-AM em 2018!
• Aulas de RIDE com o melhor professor do Brasil!!!
• Correção das questões FCC de 2017 e 2018
• Caderno de questões gabaritadas de cada disciplina (2017/2018)

É possível fazer para dois cargos? Sim, é possível estudar para Consultor (da saúde, por exemplo) e Psicólogo Clínico. Vejamos as datas dos eventos:
CONSULTOR
• Prova Objetiva: 16/09/2018 (tarde)
• Prova Discursiva: 16/12/2018 (tarde)

CONSULTOR TÉCNICO LEGISLATIVO (Psicólogo Organizacional ou Clínico)
• Prova Objetiva: 23/09/2018 (tarde)
• Prova Discursiva: 16/12/2018 (manhã)


E ai? Tá esperando o que para começar?

1,5 KLeituras
Câmara de Juiz de Fora-MG
Quarta-Feira, 23 de Maio de 2018

CÂMARA MUNICIPAL DE JUIZ DE FORA - MG
Banca:INSTITUTO CONSULPAM– Consultoria Público- Privada. (não confunda com Consulplan)
Inscrição:21 de maio a 22 de junho de 2018.
Site: www.consulpam.com.br
Data da prova:22 de julho de 2018.
Vagas: 1
Assistente Técnico Legislativo – Psicólogo – 1 vaga
As Provas Objetivas para os cargos de Nível Superior consistirão em uma Prova de
Múltipla Escolha, de caráter eliminatório e classificatório, subdividida em testes, valorizadas de 0 (zero) a 100 (cem) pontos, obtidos pela multiplicação do quantitativo das questões pelo seu valor determinado, de acordo com a tabela que se segue:
As Provas Objetivas constarão de um total de 50 (cinquenta) questões objetivas de múltipla escolha.
Cada questão da Prova Objetiva terá 4 (quatro) alternativas de resposta, devendo ser marcada como resposta apenas 1 (uma) alternativa por questão.
Remuneração Inicial:R$ 4.725,07
Valor da taxa de inscrição:R$ 16,30

CONTEÚDO
Quantitativo de questões
Valor da questão
Língua Portuguesa
20
2
Noções de Legislação Municipal
10
1
Conhecimentos Específicos
20
2,5
TOTAIS
50
100

MOTIVOS PARA ENTRAR NESSE CONCURSO:
1.Não tem prova discursiva
2. Não tem prova de títulos.
3. Tem curso Psicologia Nova.
4. Tem muito pouco conteúdo para ser estudado.
5. É legislativo!!!

Link do curso: https://psicologianova.com.br/camara-de-juiz-de-fora

2,2 KLeituras
Concurso MPU Psicologia 2018
Terça-Feira, 22 de Maio de 2018

Meus queridos e queridas, aqui quem escreve é o seu Professor Alyson Barros. Depois de muita crise econômica (o concurso está autorizado desde 2016) e problemas políticos, temos boas novidades para este ano de 2018!!! O concurso do Ministério Público da União – MPUestá para sair! Antes de tudo, não sabemos a quantidade de vagas. Isso dependerá de uma série de alinhamentos daqui até a data do edital.
A seguir, apresento o Mapa da Prova do MPU, para quem, porventura, quiser mandar muito bem nessa prova!

ATENÇÃO: O último edital foi lançado no dia 9 de agosto de 2013 e a prova foi realizada no dia 6 de outubro de 2013, ou seja: pouco menos de 2 meses entre o lançamento do edital e a prova! Se você esperar o edital abrir para começar a estudar, muito provavelmente terá desperdiçado uma das maiores chances de sua vida!


O tamanho do MPU
O MPUé grande para dedéu. Ele compreende os seguintes ramos: a) O Ministério Público Federal (MPF); b) O Ministério Público do Trabalho (MPT); c) O Ministério Público Militar (MPM); d) O Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT).



No MPF temos 8 vagas, todas atualmente ocupadas. No MPT temos 3 vagas, todas ocupadas. No MPM eles não atualizam essas informações em seu site desde 2015. No MPDFT temos 27 cargos, todos, também, ocupados. E onde estão as nossas vagas? Calma... Já falo sobre isso. =]
Assim, passando para o MPU você poderá ser alocado em alguns desses Ministérios Públicos.

Sobre a remuneração
Com o reajuste salarial (Lei 13.316/2016) já aprovado e em vigor, os salários dos servidores do Ministério Público Federal ficaram ainda mais atraentes. O reajuste salarial para o MPU foi de 12%, dividido em oito parcelas, a serem pagas em quatro anos. Ou seja, a partir de 1º de janeiro de 2019 o salário dos analistas e técnicos do MPU terá o reajuste de 12% previsto na lei sancionada este ano. O nosso cargo de psicólogo é Analista. Assim, em janeiro de 2019, o analista psicólogo do MPU começará ganhando R$ 12.455,30e o fim de carreira será com incríveis R$ 18.701,52!
Caso queira conferir e saber mais sobre a carreira, é interessante dar uma olhadinha na Lei nº 13.316/2016:http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_Ato2015-2018/2016/Lei/L13316.htm





Sobre a autorização para o concurso
Como você deve ter acompanhado, a realização de concursos no âmbito federal estava suspensa desde 2016, por conta do agravamento da crise econômica brasileira (aquela). A decisão atingiu, entre outros órgãos, o MPU. Porém, a autorização para o concurso foi feita em março de 2017 e na própria LDO de 2017 temos a previsão de contratação de 681 novos servidores para o MPU. Além disso tudo, existem atualmente 1.762 cargos vagos no órgão.
A Assessoria de Comunicação do SindMPU (Secretaria Nacional dos Servidores do Ministério Público da União) informou o interesse em realizar o novo concurso do MPU ainda no segundo semestre de 2018. O edital deve ser lançado, segundo informaram, em outubrode 2018! Assim, as provas devem ocorrer em janeiro de 2019. Ou seja, você tem tempo suficiente para ver todas as matérias algumas dezenas de vezes.
Ah, ainda segue em análise na Câmara dos Deputados o projeto de lei (PL) n° 6006/2016, que visa a criar 842 vagas efetivas para o quadro de pessoal do Ministério Público Federal (MPF). As chances são para todo o país e estão distribuídas entre três cargos. O próximo passo para o avanço da proposta é eleger um novo relator, já que o anterior devolveu o PL sem nenhuma manifestação. O documento se encontra na Comissão de Trabalho, de Administração e Serviço Público (CTASP). Consta no PL que, das oportunidades, 501 são para técnico, 207 para analista e 134 para procurador. Vale ressaltar que os cargos de técnico e analista são preenchidos por meio de concurso do MPU, que depois fica com a responsabilidade de lotar as chances no quadro do MPF. Para conferir a tramitação desse PL, acesse o site da própria Câmara dos Deputados: http://www.camara.gov.br/proposicoesWeb/fichadetramitacao?idProposicao=2094846
No último concurso, lá em 2013, foram 7 vagas para a área de psicologia + CR. Estávamos batalhando pelo Cargo 29 - Analista do MPU – Área de Atividade: Saúde – Especialidade: Psicologia. A quantidade de vagas e a localidade das vagas dependerá muito da criação de novas vagas, realocações de vagas e da disponibilidade política manifestada no próprio edital (ou seja, não temos essa informação ainda, mas acreditamos que pelo menos CR teremos).

Matérias que você deve estudar
Tivemos a seguinte lista de matérias versusprovas:
Prova Objetiva (P1)Conhecimentos Básicos – 50 itens
Língua Portuguesa
Noções de Direito Administrativo
Noções de Direito Constitucional
Legislação Aplicada ao MPU
Relações Humanas
Prova Objetiva (P2) –Conhecimentos Específicos – 70 itens
Psicologia
Prova Discursiva (P3) –1 questão.
Psicologia

Conteúdos de PsicologiaVamos falar de psicologia, os conteúdos do último edital (2013) foram os seguintes:

1 Ética profissional: psicólogos clínicos e bioética na saúde.
2 Avaliação psicológica e psicodiagnóstico.
2.1 Fundamentos e etapas da medida psicológica.
2.2 Instrumentos de avaliação: critérios de seleção, avaliação e interpretação dos resultados.
2.3 Técnicas de entrevista.
2.4 Laudos, pareceres e relatórios psicológicos, estudo de caso, informação e avaliação psicológica.
3 Teorias e técnicas psicoterápicas.
3.1 Psicoterapia individual, grupal, de casal e de família, com crianças, adolescentes e adultos.
3.2 Abordagens teóricas: psicanálise (Freud, M. Klein, Winnicott, Lacan), cognitivo-comportamental (Skinner, Beck), humanista-existencial (Rogers, Perls), sócio-histórica (Vygotsky, Luria) e psicodrama (Moreno).
4 Psicologia do desenvolvimento.
4.1 A criança e o adolescente em seu desenvolvimento normal e psicopatológico.
4.2 Clínica infantil e do adolescente: teoria e técnica.
4.3 Violência na infância, na adolescência e na família.
4.4 Dificuldades de aprendizagem e crianças com necessidades especiais: dificuldade de leitura, escrita e matemática.
5 Psicopatologia.
5.1 Transtornos de humor.
5.2 Transtornos de personalidade.
5.3 Transtornos relacionados ao uso e abuso de substâncias psicoativas.
5.4 Transtornos de ansiedade.
5.5 Transtorno do estresse pós-traumático.
5.6 Transtornos depressivos.
5.7 Transtornos fóbicos.
5.8 Transtornos psicossomáticos.
5.9 Transtornos somatoformes.
5.10 Esquizofrenia.
5.11 Outros transtornos psicóticos.
5.12 Estruturas clínicas (neurose, psicose e perversão).
6 Psicologia da saúde.
6.1 Psicologia hospitalar: ética em saúde e no contexto hospitalar.
6.2 Processo saúde-doença (doenças crônicas e agudas).
6.3 Impacto diagnóstico.
6.4 Processo de adoecimento.
6.5 Enfrentamento da doença e adesão ao tratamento.
6.6 Teorias e manejos do estresse.
6.6.1 Teorias e manejo da dor.
6.6.2 Estilos de enfrentamento.
6.6.3 O impacto da doença e da hospitalização sobre o doente e a família.
6.7 Ações básicas de saúde: promoção.
6.7.1 Prevenção.
6.7.2 Reabilitação.
6.7.3 Barreiras e comportamentos de saúde.
6.7.4 Níveis de atenção à saúde.
6.8 Equipes interdisciplinares: interdisciplinaridade e multidisciplinaridade em saúde.
6.9 O papel do psicólogo na equipe de cuidados básicos à saúde.
7 Intervenção psicológica em problemas específicos.
7.1 Terceira idade e violência.
7.2 O processo de envelhecimento e as doenças crônicas e degenerativas.
7.3 Psicologia do trânsito.
7.4 Psicologia jurídica.
7.5 Psicologia do esporte.
7.6 Tratamento e prevenção da dependência química: álcool, tabagismo, outras drogas e redução de danos.
7.7 Tratamento multidisciplinar da obesidade.
7.8 Outras demandas específicas de intervenção psicológica.
8 Psicologia institucional e comunitária.
8.1 Objetivos e níveis da higiene mental.
8.2 Promoção da saúde como paradigma reestruturante de intervenção: o papel do psicólogo nessa perspectiva e sua inserção na equipe multidisciplinar.
8.3 Objetivos, métodos e técnicas de intervenção do psicólogo no campo institucional.


Sobre o nosso curso pré-edital
Nós temos a responsabilidade de manter e melhorar o resultado do último concurso. Assim, lançamos o nosso curso MPU-2018. Queremos que você tenha uma preparação ótima e antecipada para poder ter um excelente desempenho na prova. Por isso procure essa imagem em nosso curso do Psicologia Nova e leia direitinho a descrição do mesmo. Você vai estar entre os melhores do Brasil!

1,6 KLeituras
Todo tipo de sujeito pode fazer psicanálise??
Quinta-Feira, 23 de Junho de 2016

Ola turma de estudiosos!


Postei a seguinte questão , formulada por nós, em nossos grupos do Whatsapp:


Questão Psicologia Nova 2016


Julgue a assertiva a seguir, como certa ou errada, de acordo com a teoria psicanalítica:


Quanto à capacidade de se submeter ao processo analítico, têm-se três tendências distintas de acordo com a estrutura psíquica do sujeito: o neurótico tende a ser mais analisável, haja visto que é marcado pelo desejo, pela falta e consegue estabelecer transferência. Já o psicótico, geralmente, não consegue estabelecer transferência , pois todos os seus investimentos são autodirigidos a seu corpo, dificilmente colocando o analista no lugar de “sujeito suposto saber”. Freud inicialmente criou a psicanálise para os neuróticos, cabendo depois a Klein e Lacan ( principalmente) adaptá-la aos psicóticos. Por fim, o perverso dificilmente procura a análise, pois entende que não há nada a ser analisado e tende a dissimular e manipular as sessões, afinal ele denega a angústia.


Cerca de metade dos alunos errou a resposta! Não irei dizer o gabarito diretamente, mas usarei um pouco de bom humor para contar-lhes uma piada que ajuda (indiretamente) a entender essa questão. Gostaria que tentassem responder e comentar o porquê desta questão estar certa ou errada!


“ Certa vez um grupo de psicanalistas queriam entender a diferença entre um neurótico, um psicótico e um perverso. Perguntaram para o neurótico quanto era dois mais dois. O neurótico respondeu : “ quatro”. Entretanto ele disse ter ficado cheio de dúvidas, angustiado, indeciso e incerto quanto a resposta...Ficou bastante pensativo e perguntou ao psicanalista o que ele achava, pois estava se sentindo mal, culpado e angustiado por ter falado algo errado...


Perguntarão então ao psicótico. O mesmo respondeu com muita convicção: “ É claro e evidente que o resultado é vinte e dois! Tenho uma certeza inabalável que é vinte e dois e nem venha discutir comigo pois eu sei de tudo! Eu não tenho dúvidas ou receios em dizer que é cinco! Inclusive sou um grande Matemático de Harvard e não quero gastar meu tempo aqui com essas suas perguntas idiotas! Não tem nada neste mundo que eu não saiba. Não quero mais conversar com você!!”


Por fim, perguntaram ao perverso e este disse: “ Olha, esta sua pergunta está muito simples! Eu responderia quatro, mas posso lhe explicar, através da álgebra linear, que não existe resposta! Tenho certeza disso. Aliás, certa vez, agredi minha professora que não concordou com essa minha resposta e sei que você está fazendo esta pergunta para seus estudos de psicanalise lacaniana estruturalista! Quanta bobagem, doutora, pois não preciso de psicanalise! Estou acima da lei!


Como esta anedota auxilia a explicar a nossa questão de concurso sobre as estruturas psíquicas versus análise???


Um Abraço

Rafel Maciel

1,7 KLeituras
A importância de se definir uma área preferencial de estudos!!
Quinta-Feira, 9 de Junho de 2016

Olá pessoal, gostaria de compartilhar com vocês um pouco de minha experiência pessoal com concursos públicos.
De início, já lanço uma pergunta: vocês são do tipo de concurseiros que fazem todos os concursos que surgem pela frente ou vocês dão preferência a uma área, banca, ou tipo de instituição?
Em outras palavras, você acha que é mais efetivo fazer provas que cobrem a cada edital diversos assuntos da psicologia ( e sabemos que as subáreas da psicologia são muitas!), ou você acredita que ao se “especializar” em um assunto tem maiores chances de aprovação?
Vamos lá, vamos tentar balancear os prós e os contra de cada uma dessas opções! Ao escolher fazer provas distintas e de áreas diversas, há a vantagem de estar sempre estudando, estar sempre em contato com a matéria. Além do que isso possibilita que o concurseiro conheça vários assuntos e também os estilos que as bancas têm de cobrar o conhecimento. Dessa forma, não se cai no erro de se ter períodos de pausa nos estudos por estar a procura do “edital ideal para você”. Existe também a vantagem de sentir que “não se está parado” que se está aproveitando “todas as oportunidades”.
A última vantagem é que se pode fazer, por exemplo, dois concursos ao mesmo tempo, escolhendo uma prova como prioritária. Muitos concurseiros fazem isso; escolhem uma prova como mais viável ( maior numero de vagas, menor concorrência, salário mais alto, etc) e elegem uma prova para se fazer como “treineiro”.
Entretanto, há varias desvantagens em se fazer esta opção. Ao estudar a cada edital assuntos bem diferentes, diminui- se a chance de consolidar o conhecimento na mente. É impossível ser bom em tudo! O que mais vemos na vida cotidiana são pessoas que são “feras” no assunto “x” e medianas em vários outros assuntos. E como elas chegaram neste nível? Basicamente através de repetição, memorização e treino. Sem contar que quando o concurseiro percebe que está evoluindo no acerto de questões de determinada área, ele fica mais autoconfiante e isso melhora o aprendizado.
Por outro lado, quais as vantagens e desvantagens de se escolher focar em alguns critérios? Vemos mais vantagens do que desvantagens. Pode-se escolher, por exemplo, em prestar apenas provas que tenham predomínio de psicologia Organizacional ou Psicologia Jurídica. Fazendo desta forma, existe a grande vantagem de se aproveitar o conhecimento adquirido em uma prova anterior e usá-lo para a próxima prova! Desta forma, aumenta-se a chance de acertos na prova. Fazendo desta forma, a tendência é que o concurseiro demore menos tempo para ser aprovado, mesmo que tenha as vezes que dizer “não” a um edital totalmente diferente do que vinha estudando. Esta decisão é difícil, mas em médio prazo a tendência é que ele não se perca de sua área escolhida e aumente seu desempenho em termos de nota.
Para finalizar, relato minha experiência. Durante um bom tempo fiz concursos de várias bancas e várias áreas da Psicologia. A experiência adquirida foi positiva, mas percebi que minhas notas estavam flutuantes e que era impossível dominar tantas subáreas da Psicologia. Decidi então, priorizar editais que tinham mais Organizacional . Com esta escolha fui melhorando minhas notas até conseguir ficar no número de vagas para Psicólogo da Petrobras.
Este é apenas um relato pessoal que não serve como regra geral. Veja, na sua realidade, o que é melhor para você e venha estudar com o Professor Alyson Barros do Psicologia Nova! Te ajudamos a escolher uma estratégia!
Um Abraço
Rafel Maciel
Moderador de Estudos do site Psicologia Nova

CONTATO

Deixe a sua mensagem que entraremos em contato

Nós gostamos de uma ligação direta e franca com nossos alunos. Fique à vontade para nos contatar e perguntar o que desejar.

Treble
Não exibir este vídeo novamente
ATENÇÃO
Indicações enviadas com sucesso!
Aguarde...
ATENÇÃO
Indicações enviadas com sucesso!
IDENTIFIQUE-SE
Quero me cadastrar!
Esqueceu a sua senha?
OPÇÕES DO USUÁRIO
SOLICITAR NOVA SENHA